A perseguição se intensificou no Norte do país e também se espalhou para as demais regiões

4577193

A igreja na Nigéria continua crescendo, sem parar. É uma boa notícia, mas isso não significa que houve trégua na guerra contra os cristãos, e sim que eles permaneceram fortes em meio a tantas batalhas. A perseguição se intensificou no Norte do país e também se espalhou para as demais regiões. A última matéria divulgada Várias comunidades cristãs foram atacadas violentamente, dá mais detalhes sobre o motivo desses novos ataques. Um dos líderes cristãos explicou que se trata de mais uma jihad. “A população está fugindo, as igrejas estão ficando vazias. Onde havia cerca de 2 mil membros, hoje há apenas 50. Nada está sendo poupado, nem mesmo as escolas ou centros de assistência social”, disse o líder cristão Agostinho Akpen*.

A matéria da editoria “Frutos” da Revista Portas Abertas do mês agosto, mostra quantas dificuldades os colaboradores da Portas Abertas enfrentam para dar apoio e assistência à Igreja Perseguida, principalmente na região Norte, de onde saem os planos para islamizar o país. Trata-se de um lugar muito violento, onde o Boko Haram tenta cumprir esses planos à força. No período de oito anos, estima-se que entre 9 e 11.500 cristãos já morreram durante os combates e 13 mil igrejas já foram destruídas ou abandonadas.

Osagie*, um dos líderes da equipe que serve a Igreja Perseguida na Nigéria, compartilha sobre suas dificuldades e desafios. “Os meios de locomoção não dão acessos a muitos lugares. Há funcionários do governo nas estradas, buscando dificultar as coisas para nós”, explicou ele. Além disso, Osagie se preocupa com sua família, sempre que tem que viajar. “Quando vou para o Nordeste minha esposa fica angustiada”, diz ele. Há vários projetos direcionados aos cristãos em andamento, nos quais guerreiros como Osagie arriscam suas próprias vidas, deixando suas famílias para colocá-los em prática e, dessa forma, manter a igreja viva na Nigéria.

*Nomes alterados por motivos de segurança.

Você também pode ajudar nessa missão
Cada vez mais cristãos são atendidos e auxiliados pela Portas Abertas. Eles recebem apoio emergencial e infraestrutura para manter suas aldeias que são excluídas dos serviços públicos. Além disso, nossos irmãos contam com formação profissional, cursos de capacitação para líderes, aconselhamento pós-trauma, treinamentos e formação bíblica. Para conhecer os projetos desenvolvidos na Nigéria e participar 
clique aqui.

FontePortasAbertas

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Set your Twitter account name in your settings to use the TwitterBar Section.