Assinar Devocional

dev-20

Pela fé, Abel ofereceu a Deus mais excelente sacrifício do que Caim; pelo qual obteve testemunho de ser justo, tendo a aprovação de Deus quanto às suas ofertas. Por meio dela, também mesmo depois de morto, ainda fala.     Hebreus 11:4

 

         Qual era a diferença entre o sacrifício de Caim e Abel? Ambos sacrificaram. Ambos ofereceram provindo de seu trabalho, de seu sustento. É algumas vezes sugerido que Deus requereu um sacrifício do primogênito dos rebanhos ao invés de um sacrifício de plantas. Mas, a lei mais tarde aceitou ofertas de plantas, por exemplo, oferta de trigo, então não é aqui que se encontra a diferença. A diferença não estava, e nunca está, na superfície, mas no profundo do interior. Verdadeiro cristianismo não lida com aparências externas. Não é a despeito de circuncisão física, mas circuncisão do coração. Não é sobre rituais religiosos superficiais. É a fé do coração.

 

O sacrifício de Abel agradou a Deus porque ele cria em Deus. Se crermos em Deus, e não meramente em Deus, reconhecemos que nosso esforço próprio, mérito ou habilidade nunca nos levarão a Deus. Achegamos-nos a Deus em resposta ao Seu chamado amoroso. Foi isto que Abel fez. E é por isto que ele recebeu o testemunho de ter sido justo, pela fé e não por obras. É totalmente possível se achegar a Deus com esforços religiosos e aparências externas, mas não ter um coração entregue a Deus. É isto que Caim representava. Quando seu sacrifício foi rejeitado, ficou obvio o que realmente estava em seu coração. Havia decepção, amargura, inveja e o assassinato de seu irmão. E daquilo que seu coração estava cheio afetava até mesmo sua vida externa.

 

Duas linhas, originadas com Caim e Abel, percorrem por toda a humanidade. Por um lado autojusticação por obras, e por outro lado a justiça de Deus pela fé. Por um lado o legalismo da religião, e por outro lado a comunhão do coração para com Deus. O primeiro pode ser bem vestido em ações superficiais, piedade, rituais e cerimônias religiosas. Mas ainda é, na sua natureza, o irmão assassino. Justiça pela fé, por outro lado, vem de Deus e não se origina nas nossas próprias habilidades, mas tem haver com nosso homem interior.

 

Oração:

Obrigado, Senhor, que vida contigo envolve comunhão do coração, não uniformidade superficial ou cerimônia. Obrigado por uma vida genuína contigo em fé. Em o nome de Jesus. Amém.

 

 

Deixe uma resposta

Set your Twitter account name in your settings to use the TwitterBar Section.