A população da Síria está sofrendo com as manifestações contra o presidente Bashar al Assad e além desses conflitos internos que já mataram mas de 3.000 pessoas, eles também passam por problemas econômicos já que muitos empregos foram perdidos e os preços dos alimentos encareceram.

Diante desse quadro, Jerry Dykstra, da Portas Abertas dos Estados Unidos, teme a situação dos cristãos naquele país. “Mais do que isso: talvez toda a população esteja sofrendo. Existe uma grande necessidade de bens e recursos para comprar alimentos. Nós precisamos nos lembrar da comunidade cristã do país, pois eles representam cerca de 10% na Síria, o que é uma quantidade significativa: 1,9 milhão de pessoas.”

Se o presidente Assad sair do poder, a lei islâmica da Sharia pode ser implementada, o que, de acordo com Dykstra, poderia ameaçar ainda mais os cristãos sírios. O representante da Portas Abertas lembra que algo semelhante aconteceu no Iraque depois que Saddam Hussein foi afastado de seu cargo, ( e posteriormente condenado e executado) os cristãos iraquianos foram perseguidos e muitos tiveram que fugir para a Síria.

“Muitos cristãos iraquianos fugiram para a Síria – talvez 100 mil cristãos nos últimos meses”, disse Dykstra que mostra a preocupação dos cristãos sírios. “E eles estão com medo de que a Síria sofra com a mesma coisa que aconteceu no Iraque, em relação à liberdade religiosa.”

Líbia também pede orações

Líderes evangélicos da Líbia também pedem oração para que a democracia seja instalada no país, já que o ex-ditador, Muammar Gaddafi foi morte. Os cristãos acreditam que agora se iniciará uma nova era para a Líbia, isso é, se os direitos humanos passarem a ser respeitados.

O Secretário-Geral da Aliança Evangélica Mundial (WEA), Dr Geoff Tunnicliffe, pede em oração para que de agora em diante a situação no país melhore. “Nossa oração é que este novo capítulo irá melhorar o bem-estar para todo o povo da Líbia, bem como criar nova liberdade de religião no país”, disse ele.

Tunnicliffe clama não só pelo povo libanês, mas por todos os povos da região que estão passando por conflitos. “Sobre está nova fase famílias, fundações e comunidades podem florescer na Líbia. É também a nossa oração para que outros conflitos na região sejam resolvidos de uma forma mais pacífica e todas as pessoas assim terão a oportunidade de encontrar a liberdade genuína.”

Fonte: Gospel Prime

 

Deixe uma resposta

Set your Twitter account name in your settings to use the TwitterBar Section.