Dois jovens traficantes deixaram um fuzil de lado para receber uma oração do pastor Nilton, em uma favela próxima a um dos locais dos jogos olímpicos.

FONTE: GUIAME, COM INFORMAÇÕES DE UOL

3386021849-pastor-nilton-orando-por-traficantes

Dois jovens traficantes deixaram um fuzil de lado para receber uma oração do pastor Nilton. (Foto: Felipe Dana/AP)

A fim de registrar os rastros da violência no Rio de Janeiro no mês anterior às Olimpíadas, o fotógrafo Felipe Dana, da agência de notícias americana Associated Press, produziu um ensaio que vem chamando a atenção.

Dois jovens traficantes deixaram um fuzil de lado para receber uma oração do pastor Nilton, em uma favela próxima a um dos locais dos jogos no Rio.

Segundo a agência de notícias, crianças e adolescentes envolvidos com o tráfico de drogas nas favelas têm grande respeito pelo pastor, que também foi traficante no passado.

Nas periferias da cidade, não é raro ver jovens abaixando suas armas para receberem orações de pastores e missionários.

O ensaio pretende mostrar que a segurança no Rio tem sido um tema que tem gerado grande preocupação internacional. Outro foco de preocupação é o terrorismo: uma Célula do Estado Islâmico, que preparava ataques durante os jogos olímpicos, foi desarticulada pela Polícia Federal.

A operação apelidada de “Hashtag” também resultou na expedição de 12 mandados de prisão temporária pela Justiça do Paraná, que já estão sendo cumpridos em vários estados.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Set your Twitter account name in your settings to use the TwitterBar Section.