Os afegãos novos convertidos, que vieram do islamismo, são o alvo favorito dos militantes do Estado Islâmico

Afghanistan_Unknown_year_0430100362

O Afeganistão, 4º país da atual Classificação da Perseguição Religiosa, luta para manter o controle da segurança pública e tenta conter a crescente influência do Estado Islâmico (EI) que, recentemente, realizou mais um de seus ataques violentos. Em um protesto na capital afegã, Cabul, pelo menos 80 pessoas morreram e mais de 200 ficaram feridas, quando dois combatentes detonaram seus cintos explosivos. O ataque foi dirigido aos muçulmanos xiitas, mas também atingiu os cristãos.

O presidente do Afeganistão Ashraf Ghani, em seu discurso que foi exibido em rede nacional, disse à nação que promete “fazer vingança contra os culpados”. Além disso, ele já havia emitido um comunicado onde defendia o “protesto pacífico”. Ele disse: “É um direito de todos os cidadãos protestar, mas os terroristas oportunistas se infiltraram nas multidões e realizaram o ataque”. Logo no início de seu governo, Ghani alertou que não queria a presença do EI em seu território, rejeitando assim uma forma de competição com qualquer outra liderança. O objetivo do presidente é implantar a sharia (lei islâmica) no país.

Mas as metas do grupo extremista ainda parecem ser grandes, apesar de estarem acumulando várias derrotas nos campos de batalha do Oriente Médio. O futuro das minorias religiosas é cada vez mais sombrio, e mesmo assim, cada vez mais afegãos se convertem ao cristianismo. Em suas orações, interceda pelos cristãos perseguidos no Afeganistão.

Motivos de Oração

  • Ore para que os cristãos convertidos do islamismo perseverem em sua fé, apesar da perseguição e constantes ataques.
  • Clame a Deus pela nação do Afeganistão. Que os governantes e autoridades do país verdadeiramente queiram instaurar a justiça e paz.
  • Ore pelo perseguidor. Que ele conheça a Jesus e que encontrem a paz que excede todo entendimento.

FontePortasAbertas

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Set your Twitter account name in your settings to use the TwitterBar Section.